Carta aberta a Djaló

Djaló,

Chegaste a um grande clube. A forma como foste aplaudido no primeiro treino e no primeiro jogo dá para perceber aquilo que te espera. Se estiveres à altura. Por isso, como fervoroso benfiquista há mais de três décadas, deixa-me que te dê sete conselhos para vingares no Glorioso:

1. Nunca embandeires em arco. Ontem, muita gente te aplaudiu. Mas também estava frio. E com o frio a gente prefere aplaudir porque aquece as mãos. Já assobiar faz ventinho. Não duvides que se fizeres asneira muitas das mãos que te aplaudem juntam-se à boca em forma de concha para conseguir projectar melhor o "vai-te embora, ó lagarto!". Que o benfiquista é gente muito paciente;

2. Cuidado com as declarações. Por exemplo, não soa bem dizeres "para a próxima vem o estádio abaixo", quando vens de um clube que há pouco tempo estragou MESMO um bocado do Estádio;

3. Nós sabemos que o futebol é para profissionais. Não precisas de dizer que a família é benfiquista ou a tua filha é benfiquista desde pequena. Qualquer dia até a Luciana Abreu é benfiquista desde pequena. O amor benfiquista conquista-se, sente-se com a vivência. Nós esperamos. Agora, confesso que era simpático se depois de Lyonce a tua próxima filha se chamasse S.L. Beyoncé. Isso era amor à camisola.

4. Sabemos que tiveste meses muito duros, sem apoio, sem condições de treino e jogos a sério. Mas tenta esquecer esse tempo que passaste em Alvalade.

5. Não duvides do teu valor. Aliás, neste momento, para a ala direita, se fores rápido e humilde, vais ter a tua oportunidade, porque o Gaitán faz birra quando perde a bola e o Enzo se for tão rápido a atacar como é a voltar de férias... Portanto, já sabes até porque o Jesus já o disse: vais ficar junto à linha. Cabe-te a ti decidir se do lado de dentro ou do lado de fora.

6. Conselho estético n.º 1: Mantém a camisola para dentro. Não sei se foi de propósito ou se jogaste com a tua camisola e os calções do Luisão. Mas sei que o meu filho esteve 80 minutos a chatear-me para mudar de canal que queria ver desenhos animados. E assim que tu entraste e começaste a correr calou-se.

7. Conselho estético n.º 2: Corta o cabelo. Isto é o Benfica.

Só se deixa crescer o cabelo quando se atinge a classe de um Nuno Gomes, um David Luiz, um Witsel. E mesmo assim, é para deixar crescer o cabelo por igual. Não é rapar dos lados e deixar um guardanapo de pano em leque no cocuruto.

Grande abraço deste adepto que quer vibrar com as tuas corridas e golos.

Contexto: Yannick Djaló, ex-jogador do Sporting Clube de Portugal, é contratado pelo S.L. Benfica - após meses sem clube, devido a um diferendo entre o Sporting e o Nice criado na transferência do jogador para o clube francês. Estreia-se oficialmente pelo Benfica, Domingo, 5 de Fevereiro de 2012.

Após o final do derby entre Benfica - Sporting de 26 de Novembro de 2011 adeptos leoninos pegaram fogo a uma das bancadas do Estádio da Luz, criando um incêndio e destruição sem precedentes.

Deixa o teu comentário em Carta aberta a Djaló